T-zer0

Recuar ao Índice de Jogos Para alegria de todos os entusiastas do Amiga, a ClickBoom continua a lançar jogos espectaculares! Depois do excelente NAPALM, chegou finalmente o ansiado TRAUMA ZERO, agora com o nome T-zer0.
Tal como o Napalm, o T-Zer0 vem num simples CD com um livrete de 20 páginas a cores. Nele encontram-se todas as instruções para instalar e jogar o jogo, os nomes das faixas de áudio (13, que no total têm cerca de 38 minutos de duração), uma página de códigos de protecção e uma oferta de aquisição do Capital Punishment por 10 USD (dólares canadianos). De notar que a versão mais recente (1.1) do Capital Punishment já está incluída no CD. Para a jogar, basta instalá-la no disco; obviamente, é preciso adquirir o registo da ClickBoom para receber o livrete de instruções e os códigos de protecção.
Imagem do jogo: clique para aumentarAtrás da caixa são anunciados os próximos jogos da Clickboom: o Z (jogo originalmente programado para PC pelos Bitmap Brothers e cuja conversão para o Amiga era há muito esperada), um Disco de Missões para o NAPALM, (novas missões para este jogo de estratégia), e finalmente o NIGHTLONG, aventura gráfica distribuída em 3 CD's e originalmente produzida pela Team 17.

O CD contém 266 Megabytes de dados, sendo o espaço restante ocupado por faixas de aúdio. Para além do próprio jogo e do Capital Punishment, também existe um editor de níveis para criar novos níveis ou modificar outros existentes. possível executar o jogo directamente do CD-ROM ou instalá-lo no disco, tendo esta última opção 5 variantes: desde a mínima (30 k) até à máxima (255 Mbytes). Antes de executar o jogo, é preciso correr o programa de configuração de modo a definir correctamente os parâmetros da unidade CD-ROM.

O T-zero é um 'shoot-em up', ou seja um jogo inspirado na melhor tradição do Amiga, com movimentação horizontal do cenário e onde é preciso eliminar todos os inimigos. Portanto, tudo o que se mexe tem de ser destruído, os bónus devem ser apanhados e a nave do jogador expandida, de modo a aumentar o seu poder de fogo. O jogo corre num ecrã PAL em Overscan, ocupando assim todo o espaço de visualização. Carregado o jogo, apresenta-se uma introdução animadada de enorme qualidade. Trata-se de uma apresentação extraordinariamente bem executada, como há muito não se via; é sem dúvida uma das melhores alguma vez feitas para um jogo no Amiga. Uma vez terminada, passa-se para o menu principal, onde podemos começar um novo jogo, carregar um gravado (é possível gravar um máximo de 10), ver os recordes (espantosa a animação de fundo), decidir se o jogo é individual ou com outro jogador, seleccionar o nível de dificuldade, escolher o modo STORY (que permite ver animações, seleccionar rumos e explorar 5 mundos) e o modo ARCADE (mais simples, só com 4 mundos). Também se podem definir muitos outros parâmetros do jogo, como fogo automático, inércia da nave, animações de fundo e os vários tipos de transparência e cor; é também possível seleccionar o tipo de áudio das faixas de CD (High-Tech ou Arcade), antever as animações, etc. definitivamente um menu de configuração muito completo!

Imagem do jogo: clique para aumentar Antes do jogo começar, é preciso escolher a nave a pilotar. Uma voz feminina (a mesma que durante o jogo descreve os vários objectos e bónus que se apanham) ilustra as características das várias naves, enquanto que no ecrã podemos apreciar cada nave em 3D.
A estrutura básica do T-zer0 faz lembrar os velhos clássicos do Amiga, como o R-Type e o Menace, com a diferença de que o T-Zer0 tira partido de todas as novas características do Amiga; alías, o requisito mínimo é um Amiga AGA com 68030 e 8 Megabytes de Ram. O resultado é um 'shoot-em-up' excepcional com gráficos sensacionais: espectaculares animações, movimento suavíssimo do jogo, cenários de fundo impecáveis e muito bem animados. Mas para além de fenomenais feitos técnicos, este jogo também apresenta muitas inovações em relação aos seus ilustres predecessores: é possível apanhar muitos bónus (algo mais típico dos jogos de plataformas), escolher vários caminhos (dependendo da destreza do jogador) e apreciar efeitos gráficos nunca antes vistos em nenhum outro jogo ('zoom' de naves, efeitos de fumo, rastos nos disparos, etc.). Nunca gostei muito deste género de jogos, mas devo dizer que o T-Zer0 me causou uma impressão francamente positiva: é muito fácil de jogar e a possibilidade de dois jogadores participarem em simultâneo só aumenta a sua longevidade, e isto já sem falar da hipótese de criar novos níveis graças ao editor incluído no CD.
Imagem do jogo: clique para aumentar Neste jogo, os chips do Amiga são explorados ao máximo e o resultado está à vista. A única crítica que se pode fazer ao T-zer0 é não suportar placas gráficas, provavelmente porque as técnicas de programação mais "rasas" do chipset AGA não são facilmente convertidas para placas gráficas. Quanto a problemas para ouvir as músicas do CD com o IdeFix97, a ClickBoom já disponibilizou um ficheiro de correcção no seu site.

O T-zer0 (totalmente programado por italianos) constitui sem dúvida um novo padrão para este tipo de jogos; todos os novos produtos do género vão ter certamente de ser comparados com ele.

Se ainda tem dúvidas quanto à aquisição do CD (espero que não), lembro-lhe que com o T-Zer0, por apenas 10 dólares canadianos, receberá também um outro jogo sensacional (e igualmente difícil), o Capital Punishment.

Spawn


Os nossos agradeçimentos à AmigaPage por nos ter gentilmente cedido este comentário.

T-Zer0
Gráficos: 98%
Som: 98%
Acessibilidade: 98%
Qualidades Técnicas: 98%
Longevidade: 98%
Total: 98%

Configuração Mínima

Processador: 68030
Sistema Operativo: 3.0
Gráficos: AGA
Som: Paula
Memória: 8 MB de Ram
CD-Rom: 2x

Configuração Recomendada

Processador: 68040
Memória: 32 MB

Suporte

Processador: 68030-40-60
Sistema Operativo: 3.0, 3.1
Som: Paula
Gráficos: AGA
Multitarefa: Não

Voltar à Página da AMiWoRLD


Copyright AMiWoRLD
Tradução: Rúben e Joel Alvim - alvim_r@yahoo.com

Informação Geral: petty@amiworld.it

[Made On Amiga]